eu sei quando as coisas ficam melhores
um segredo que me coça os braços,
deixa manchas vermelhas

não me traz paz,
nem me deixa dormir tranquilo após o almoço
sem medo que a notificação me faça pular o coração

“Será que é do trabalho? Melhor olhar”

e lá se vai o descanço
antigamente eram duas horas,
agora ficou apenas essa agonia que comprime
que entope as veias

as coisas ficam melhores sim,
a gente nunca está lá para saber
porque o tempo passa feito brisa antes da tempestade

tudo era melhor no segundo que passou,
daqui pra frente é só ladeira acima

--

--

Marcio Melo

Marcio Melo

Baiano, engenheiro de software, redator na pocilga.com.br, integrante do podcast Suco de Umbivis e aspirante a escritor. Nas redes sociais @marciosmelo